Postagens

Mostrando postagens de Março, 2020

Como diferenciar o novo coronavírus da gripe?

Imagem
Por terem sintomas similares, problemas respiratórios como a gripe podem ser confundidos com o coronavírus. Explicamos como os médicos distinguem as doenças Desde o surgimento do novo coronavírus (chamado de Sars-Cov-2) na China, boa parte dos casos suspeitos no mundo foram descartados, inclusive no Brasil, por se tratarem na verdade de outras infecções, como a gripe . Mas será que dá para diferenciar as doenças? De acordo com o infectologista Ivan França, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz , em São Paulo, os males causados por vírus respiratórios em geral têm sintomas parecidos. Os principais sinais da Covid-19 (nome dado à doença provocada pelo Sars-Cov-2) são febre, tosse e dificuldade para respirar . “Há uma gama de pacientes que manifestam mais sinais, como coriza e dor de garganta”, complementa o especialista.

Como o coronavírus é transmitido e por quanto tempo ele resiste por aí

Imagem
Investigamos com especialistas como se transmite o coronavírus, qual o risco de uma pessoa passar para outras e que medidas ajudam a evitar a disseminação Gotículas de saliva, espirros, acessos de tosse, contato próximo e superfícies contaminadas… Dá para resumir assim as principais vias de transmissão do  novo coronavírus , causador da Covid-19. Um  estudo americano recém-publicado  no respeitado periódico médico The New England Journal of Medicine descobriu que o vírus sobrevive por algumas horas em suspensão no ar ou até dias em certas superfícies. “O que mais chama atenção nesse trabalho é que se observou que o coronavírus resiste por até três horas na forma de aerossol, isto é, se eu estou infectado e espirro numa sala, ele consegue ficar espalhado pelo ar e infectar outra pessoa em quase três horas”, diz o virologista Paulo Eduardo Brandão, professor da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da  Universidade de São Paulo (USP) .

Saúde disponibiliza R$ 1 bilhão para Estados e Municípios enfrentarem a Covid-19

Imagem
O Ministério da Saúde publicou, nesta semana, duas portarias que destinam juntas cerca de R$ 1 milhão para Estados e Municípios desenvolverem ações de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta que para os Entes receberem as transferências dos recursos de que trata a Portaria 480/2020 é necessário que pactuação na Comissão Intergestores Bipartite (CIB) seja encaminhada até esta quinta-feira, 26 de março, à pasta federal. Para auxiliar os gestores, a área técnica de Saúde da entidade resume as orientações que indicam como os recursos poderão ser pactuados e transferidos aos Municípios. A Portaria 395/GM/MS , de 16 de março de 2020, destina R$ 424 milhões para ações e serviços públicos de saúde de média e alta complexidade (MAC), disponibilizados de forma per capita - R$ 2,00 por habitante - aos Estados e Distrito Federal, para o enfrentamento da Covid-19. A aplicação e distribuição interestadual desses recursos deve ser p

Após reforma, UTI do Hospital Regional de Colíder recebe pacientes

Imagem
Após reforma, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) infantil do Hospital Regional de Colíder passa a funcionar com 10 leitos. Os reparos, viabilizados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), integram o projeto de modernização dos Hospitais Regionais e das Unidades Especializadas, idealizado e colocado em prática pela atual gestão estadual. “Estamos fazendo uma grande transformação nas unidades que estão sob a gestão estadual e pretendemos entregar uma rede hospitalar remodelada para a população mato-grossense. O intuito é de ampliar o número de leitos e oferecer um serviço de mais qualidade”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo. No local, a obra foi iniciada em 2015 e paralisada diversas vezes ao longo dos anos. Em 2019, o Governo do Estado, por meio da SES, retomou os serviços de readequação predial e possibilitou a entrega, na última semana, de oito leitos de UTI neonatal e dois leitos de UTI pediátrica. Conforme a diretora do Hospital, Mir

SES monitora 9 casos confirmados e 326 suspeitos de coronavírus em MT

Imagem
A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (25.03), nove casos confirmados e 326 suspeitos de coronavírus em Mato Grosso. Os casos são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Os casos confirmados da Covid-19 são em Cuiabá (6), Nova Monte Verde (1) e Várzea Grande (2). Já as ocorrências que levantam a suspeita do vírus estão detalhadas por municípios em Nota Informativa divulgada pela SES. O aumento no número de casos suspeitos também é consequência da atualização do protocolo de definição de caso, conforme direcionamento do Ministério da Saúde; a medida impactou no aumento de casos suspeitos e confirmados em todo o país. A área técnica também esclareceu que o sistema de informação oficial segue instável, o que justifica a possibilidade de os dados estarem discordantes daqueles que poderão ser apresentados pela plataforma do Ministério da Saúde.

Saúde Pública registra mais de 11 mil casos de dengue em MT

Imagem
Duas mortes por dengue foram confirmadas e uma segue em investigação Enquanto as atenções se voltam ao novo coronavírus (Covid-19), que tem o maior número de casos em São Paulo, as notificações de dengue explodem em Mato Grosso.  Somente nas 10 primeiras semanas deste ano, foram registrados 11.127 casos da doença, o que representa um aumento de 301% se comparado ao mesmo período de 2018, quando ocorreram 2.775 notificações. Duas mortes por dengue foram confirmadas e uma segue em investigação.  O Estado apresenta alto risco de contaminação de dengue com incidência de 332,7 casos por 100 mil habitantes. Sinop (504 quilômetros, ao norte de Cuiabá) é município com índices mais preocupantes. lá, já foram contabilizados 1.744 casos (1.283,5 ocorrências/100 mil pessoas) agora em 2020 contra 321, no ano passado, o que corresponde a um aumento é de 443,3%. Já em Cuiabá e Várzea Grande, a situação é apontada como de baixo perigo. 

Saúde realiza compra emergencial de insumos e equipamentos de proteção individual

Imagem
Em meio ao contexto de aumento do número de casos confirmados do novo coronavírus no Brasil, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) publicou, nesta quinta-feira (12), um Termo de Referência para a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e insumos. No Sistema de Aquisições Governamentais (SIAG), constam mais 142 mil unidades de materiais específicos. Dentre os itens mencionados na TR, estão luvas em látex, máscaras cirúrgicas e de proteção, aventais cirúrgicos e álcool em gel; os materiais irão suprir as unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), do Laboratório Central do Estado de Mato Grosso (Lacen), dos Hospitais Regionais e ainda formarão um estoque estratégico.  Mesmo sem casos confirmados do COVID-19 em Mato Grosso, o Estado já toma as medidas de prevenção e atua no sentido de monitorar os possíveis casos. Nesta quinta-feira (12.03), o Estado também promoveu a 2ª reunião do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE-MT); o

Mendes e mais sete governadores pedem reforços para combater Coronavírus

Imagem
O governador Mauro Mendes e mais sete governadores/vice-governadores dos estados que compõem a Amazônia Legal assinaram carta conjunta, na qual solicitam reforços ao Governo Federal para as medidas de prevenção e combate ao Coronavírus. Este é o primeiro bloco de governadores a se reunir para traçar ações conjuntas para conter o contágio da doença. A carta foi assinada na noite de quinta-feira (12), ao final do Fórum dos Governadores, realizado em Belém (PA) durante esta semana. Até o momento, nenhum caso de Coronavírus foi registrado nos estados do consórcio: Mato Grosso, Pará, Amapá, Maranhão, Roraima, Tocantins, Amazonas e Acre. “Ante o cenário de emergência sanitária, manifestamos nossa preocupação com o advento do coronavírus (Covid-19), com suas potenciais consequências para a saúde da população”, diz trecho do documento.

STF decide: remédios de alto custo fora da lista do SUS não serão financiados pelo governo

Imagem
O governo não será mais obrigado a fornecer medicamentos de alto custo não registrados na lista do Sistema Único de Saúde (SUS). A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) tira do poder público a imposição de fornecer esses medicamentos, solicitados judicialmente, quando não estiverem previstos na relação do Programa de Dispensação de Medicamentos em Caráter Excepcional. A Corte finalizou a votação do Recurso Extraordinário (RE) 566471 nesta quarta-feira, 11 de março, e as situações excepcionais ainda serão definidas na formulação da tese de repercussão geral. A decisão, que atinge mais de 42 mil processos sobre mesmo tema, diz respeito à recusa do Estado do Rio Grande do Norte de fornecer citrato de sildenafila para o tratamento de cardiomiopatia isquêmica e hipertensão arterial pulmonar. O governo estadual alegou que o medicamento de alto custo não está na relação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de fornecimento do programa estatal. A maioria dos minis

Mato Grosso descarta outros cinco casos suspeitos de coronavírus

Imagem
A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio do Centro de Operações de Emergência em Saúde de Mato Grosso (COE-MT), registrou o descarte de cinco suspeitas de coronavírus no Estado. Os casos descartados nesta segunda-feira (09.03) passaram pela avaliação do laboratório nacional de referência e são dos municípios de Cuiabá (2), Glória D’Oeste (2) e Sorriso (1). Atualmente, a SES considera dois casos suspeitos do novo vírus em Mato Grosso. De acordo com Nota Informativa, as suspeitas do Covid-19 estão em Alto Taquari (1) e Cuiabá (1). O documento também esclarece que todos os casos suspeitos são monitorados diariamente, apresentam situações estáveis e sem alteração clínica. Ainda conforme a área técnica, os dados estão sendo atualizados gradativamente pelo sistema nacional de monitoramento.  No total, 11 casos já foram acompanhados pelas equipes de vigilância, contudo, quatro ocorrências notificadas em Cuiabá (1), Sinop (1), Diamantino (1) e Nova Mutum (1) foram excl

Doenças do coração matam mais brasileiras que câncer de mama

Imagem
Mulheres têm fatores de risco em comum com os homens, mas existem condições particulares, como menopausa e pressão alta na gravidez No Brasil, 54% das mulheres morrem por doenças do coração, como o infarto, enquanto o câncer de mama é a causa de morte de 14%. Entretanto, quando questionadas, 65% dizem pensar que irão morrer de câncer, e apenas 15% citam as doenças cardíacas. Os dados são da SBD (Sociedade Brasileira de Cardiologia). "Desde a puberdade, as mulheres ficam expostas a fatores que agridem o coração, como o uso inadequado de anticoncepcionais, a gravidez e, mais tarde, a menopausa", observa a médica Walkiria Ávila, chefe do Setor de Cardiopatia, Gravidez e Planejamento Familiar do InCor (Instituto do Coração), do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Cardiologia

DR. FÁBIO PINATO CARDIOLOGISTA - CRM/MT 3330 - RQE 4540 Rua Júlio Martinez Benevides, 68-E - Centro (Hospital Santa Angela) Fone: (65) 3311-1900 Cep: 78300-000 Tangará da Serra - MT Como chegar DR. JOSÉ DE ALMEIDA BANDEIRA CRM/MT - 2961 Rua Antonio Hortolani, 327-N - Centro (Clínica Med Center) Fone: (65) 3326-0073 Cel: (65) 99619-7622 Cep: 78300-000 Tangará da Serra - MT Como chegar DRA. MONALINE MEDEIROS CRM/MT Rua Antonio Hortolani, 327-N - Centro (Clínica Med Center) Fone: (65) 3326-0073 Cel: (65) 99619-7622 Cep: 78300-000 Tangará da Serra - MT Como chegar DRA. PAULA ABRANTES Rua Sebastião Barreto, 157 - Centro Ed. Constantino - 1º andar Fone: (65) 3326-3396 Cel: (66) 99716-6074 Cep: 78300-000 Tangará da Serra - MT Como chegar DRA. SIOMARA TENROLLER CRM/MT 6726 - RQE 2583 - RQE 2584 Rua Júlio Martinez Benevides, 68-E - Centro (Hospital Santa Angela) Fone: (65) 3311-1995 Cel: (65) 99990-5165 E-mail: drasiomaracardio@gmail.com Cep: 78300-000 Tangará da Serra - MT

Nutricionista

DRA. LUANA RODRIGUES NUTRICIONISTA - CRN-MT 9735 Rua Sebastião Barreto, 157-W - Centro Ed. Constantino - 1º andar Fone: (65) 3311-1222 Fone: (65) 3326-6901 Cel: (65) 99957-6008 E-mail: luana.alves.nutri@hotmail.com Cep: 78300-000 Tangará da Serra - MT Como chegar DRA. DENISE CUNHA NUTRICIONISTA - CRN-MT 8569 Rua Antonio Hortolani, 327-N - Centro (MedCenter - Clínica Popular) Fone: (65) 3326-0073 Cel: (65) 99619-7622 Cep: 78300-000 Tangará da Serra - MT Como chegar

Primeira UTI Aérea do governo trará economia de R$ 5 milhões aos cofres públicos

Imagem
A nova UTI área será responsável por pelo menos 20 voos mensais de pacientes O Governo de Mato Grosso entregou nesta sexta-feira (06.03) a primeira UTI Aérea para transporte de pacientes da rede pública de Saúde. A aeronave, modelo Chayenne II XL, viabilizada por meio de uma parceria do governo com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e o Ministério Público Estadual (MPE), trará uma economia inicial de R$ 5 milhões por ano aos cofres públicos, o que representa uma redução de 40% nos gastos com o serviço. Até então, o transporte dos pacientes era 100% realizado por uma empresa terceirizada, mas a partir de agora, o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), será responsável por pelo menos 23 dos 70 voos mensais.  Juntas, Sesp-MT, por meio do Ciopaer, e Secretaria de Estado de Saúde (SES) conduzirão a utilização da primeira UTI Aérea do Estado. Os pacientes continuarão sendo regulados pela Central

Saúde investe R$ 1 milhão em estrutura do Hospital Regional de Rondonópolis

Imagem
O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), já realizou 70% da obra de modernização do Hospital Regional de Rondonópolis. Estimados em aproximadamente R$ 1 milhão, os procedimentos de melhoria da estrutura contemplam os setores da recepção, do Pronto Atendimento e da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Além da melhoria da estrutura, o investimento irá proporcionar um incremento de 18% no número de leitos ofertados pelo hospital, que atende principalmente aos pacientes da região sul de Mato Grosso. Depois da reforma, que tem conclusão prevista para abril de 2020, a unidade hospitalar passará de 127 leitos para 151. O planejamento dos gestores é de que, ao longo da gestão, seja possível avançar para as demais áreas e recuperar outros setores do prédio.

Cirurgiã Dentista

DRA. DÉBORA NUNES DE LIMA CIRURGIÃ DENTISTA - CRO/MT 6770 Av. Ismael José do Nascimento, 477-N - Jd. Tanaka Fone: (65) 98452-7570 Cel: (65) 99913-1449 - WhatsApp E-mail:  debnlima@bol.com.br Cep: 78300-000 Tangará da Serra - MT Como chegar

O que é câncer de próstata?

Imagem
Câncer de próstata é o tumor que afeta a próstata, glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis.O câncer de próstata é o mais frequente entre os homens, depois do câncer de pele. Embora seja uma doença comum, por medo ou por desconhecimento muitos homens preferem não conversar sobre esse assunto. As estimativas apontam 68.220 novos casos em 2018. Esses valores correspondem a um risco estimado de 66,12 casos novos a cada 100 mil homens, além de ser a segunda causa de morte por câncer em homens no Brasil, com mais de 14 mil óbitos. Na presença de sinais e sintomas, recomenda-se a realização de exames. A doença é confirmada após fazer a biópsia, que é indicada ao encontrar alguma alteração no exame de sangue (PSA) ou no toque retal, que somente são prescritos a partir da suspeita de um caso por um médico especialista.

Mato Grosso obtém cobertura recorde do Programa Bolsa Família

Imagem
O Estado de Mato Grosso obteve 80,16% de cobertura dos beneficiários do programa Bolsa Família (PBF), acompanhados pela Rede Básica de Saúde pública no ano de 2019. O valor é superior à meta nacional – de 79,71% –, fator que leva o Estado a configurar como líder em cobertura na Região Centro-Oeste. O indicador positivo foi divulgado pelo Relatório do Governo Federal. No segundo semestre de 2019, o Estado tinha 319.355 beneficiários registrados no programa, dos quais a Saúde acompanhou 255.997 (80,16%). Considerando que a meta estadual de cobertura foi de 73% em 2019, a gestão estadual alcançou e superou as metas regional e nacional. Com o resultado positivo, a equipe técnica da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) manterá, em 2020, a mesma estratégia adotada no ano passado, com ênfase nos municípios que ainda faltam ser capacitados.

Governo entrega primeira UTI Áerea de Mato Grosso nesta sexta-feira (06)

Imagem
Para viabilizar imagens às equipes de TV e foto, a imprensa está convidada a chegar um pouco antes, às 16h, no Hangar do Ciopaer A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), e a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) realizam solenidade de implementação do serviço de transporte aeromédico, nesta sexta-feira (06.03), às 17h. Com o objetivo de viabilizar imagens às equipes de TV e foto, a imprensa está convidada a chegar um pouco antes, às 16h, no Hangar do Ciopaer, onde ocorre o evento. Na ocasião, serão feitas entregas oficiais da primeira UTI Aérea de Mato Grosso, de uma aeronave Baron, e um caminhão tanque. A aeronave Cheyenne que será utilizada como Unidade de Terapia Intensiva foi viabilizada em parceria com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e Ministério Público Estadual (MPE). Já o avião Baron, que será empregado nas operações de segurança pública, foi apreendido em operação de combate ao tr

MT constrói fluxos para atender possíveis casos graves de coronavírus

Imagem
Apesar de Mato Grosso não registrar, até o momento, casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), todos os hospitais da rede estadual do Sistema Único de Saúde (SUS) estão preparados para realizar os primeiros atendimentos aos possíveis pacientes infectados ou com quadro suspeito da enfermidade. Para situações de casos graves do Covid-19, o Plano de Contingência Estadual da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) prevê o Hospital Universitário Júlio Müller como referência. O Hospital Estadual Santa Casa também foi selecionado para atuar como unidade de retaguarda, principalmente para pacientes pediátricos. Já as demais unidades de saúde ficam encarregadas do atendimento às situações iniciais e aos casos leves e moderados. “Caso tenhamos diagnósticos confirmados de coronavírus em Mato Grosso, os pacientes com grau leve e moderado serão inicialmente atendidos pelas unidades básicas e continuarão sendo acompanhados em casa – visto que apresentarão os sintomas de uma gripe –,

Comissão de Saúde realiza visitas técnicas a prontos-socorros de Cuiabá e Várzea Grande

Imagem
As visitas serão realizadas nos dias 11 e 18 de março. A Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso realizará visita técnica ao Pronto-Socorro de Cuiabá na próxima quarta-feira (11) e ao Pronto-Socorro de Várzea Grande, no dia 18. O anúncio foi feito durante reunião extraordinária da comissão, realizada na tarde de quarta-feira (4). “Os prontos-socorros de Cuiabá e Várzea Grande são as duas maiores unidades gerenciadas por municípios no que se refere à capacidade instalada. É extremamente importante nós acompanharmos não só as instalações, mas também a produção dessas unidades”, frisou o presidente da comissão, deputado estadual Paulo Araújo (PP). Os municípios de Arenápolis, Mirassol D’Oeste e Barra do Garças serão os próximos a receber visitas da comissão, no entanto as datas ainda não foram definidas.

Dezoito municípios já finalizaram plano de combate à hanseníase

Imagem
Em seis meses, Mato Grosso já elaborou 18 dos 20 planos municipais de enfrentamento à hanseníase propostos pelo Projeto Apoiador, do Ministério da Saúde. Lançado em agosto de 2019, o projeto do Governo Federal tem duração de 12 meses e contempla, além de Mato Grosso, os estados de Goiás, Pará, Bahia, Piauí e Maranhão.  Os municípios mato-grossenses selecionados para participar do projeto foram definidos considerando a participação deles na oficina macrorregional realizada pelo Ministério, em julho de 2019 em Goiânia-GO. Até o momento, concluíram o plano os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Cáceres, Água Boa, Canarana, Querência, Colíder, Barra do Garças, Nova Xavantina, Sinop, Sorriso, Nova Ubiratã, Santa Carmem, Comodoro, Juína, Tangará da Serra e Alta Floresta. Estão em processo de finalização do documento as cidades de Alto Taquari e Santo Antônio do Leverger.