Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2019

Projeto "Emergências Pediátricas" é desenvolvido pelo SAMU em Escolas de Tangará

Imagem
Profissionais são capacitados para primeiros-socorros O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Tangará da Serra desenvolve o projeto Emergências Pediátricas, que consiste na capacitação de profissionais dos Centros Municipais de Educação do município.  A proposta, de acordo com o coordenador do Samu, Paulo Righetto visa capacitar e habilitar os profissionais das escolas, preparando-os para possíveis emergências pediátricas, entre elas a Obstrução das Vias Aéreas por Corpo Estranho (Ovace) trauma, intoxicação, convulsão, síncope - perda dos sentidos devido à deficiência de irrigação sanguínea no encéfalo – e afogamento.  No treinamento, os profissionais recebem também orientações sobre mitos e verdades nas condutas de urgência e emergência. O projeto, conforme o coordenador, responde a Lei 13.722/2018, que trata da obrigatoriedade do treinamento de primeiros socorros para funcionários de escolas das redes municipal e particular.  Em Tangará da Serra, a ca

Em 60 dias de gestão direta do Estado, Hospital Regional de Sinop apresenta resultados positivos

Imagem
Inaugurado em 2012, o Hospital Regional de Sinop (HRS) comemora os resultados dos primeiros 60 dias de gestão direta do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT). Até o dia 1º de fevereiro deste ano, a unidade era administrada por uma OSS e, por decisão da atual gestão, a administração do hospital foi assumida diretamente pelo Estado.  Nos primeiros dois meses de gestão direta do Estado, foram realizados quase 400 procedimentos cirúrgicos, distribuídos entre as especialidades de cirurgia geral, ortopedia, neurocirurgia, urologia e cirurgia vascular – enquanto, no passado, se tinha uma média de 90 procedimentos por mês. De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, outras melhorias serão executadas no hospital e refletirão diretamente no atendimento dos cidadãos de toda a região. A atual gestão prioriza o fluxo e protocolo internos para recebimento de pacientes. “Neste período, conseguimos reduzir o custo da unidade hospit

Alergia e Imunologia

DR. JOEL MARCOS PEREIRA CRM-MT 4932 = RQE - 4246 Rua Sebastião Pereira, 157-W Centro - Ed. Constantino (Molecular Allergy) Fone: (65) 3325-2543 Cel: (65) 99800-2985 E-mail: alergohome@gmail.com Site:  www.molecularallergy.com.br Cep: 78300-000 Tangará da Serra - MT Como chegar

Pesquisadora de MT comprova a eficácia da vacina contra Coqueluche

Imagem
Pesquisa acompanhou mulheres que foram vacinadas e que não receberam a imunização Uma pesquisa realizada em Mato Grosso pela professora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maria Isabel Valdomir Nadaf, comprovou a eficácia da vacina contra Coqueluche em gestantes. O estudo contou com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat). Os resultados mostraram que a vacina aumentou o número de anticorpos nas mães e também nos bebês após o parto, uma vez que essa proteção é passada pela placenta e pelo leite materno. A pesquisadora ressaltou que essa imunidade é fundamental para os primeiros meses de vida da criança, quando o seu sistema imunológico está se desenvolvendo e fortalecendo. A pesquisa acompanhou 167 gestantes, sendo que 66 foram vacinadas contra a doença e 101 não foram imunizadas. Os grupos apresentavam características semelhantes quanto a idade materna, idade gestacional e peso do recém-nascido. Foram colhidas amostras de s

Debatedores reclamam de defasagem nos valores da tabela do SUS

Imagem
Em audiência pública na Comissão de Seguridade Social e Família, na terça-feira (23), participantes reclamaram que a tabela do Sistema Único de Saúde (SUS) não é reajustada há 17 anos. Os recursos repassados pelo governo para pagar procedimentos hospitalares de média e alta complexidade, além da atenção básica de saúde, estariam defasados. Um dos setores mais afetados é o dos hospitais filantrópicos, responsáveis por boa parte do atendimento do SUS. Levantamento da Federação das Santas Casas do Espírito Santo divulgado em março deste ano mostra que a diária paga pelo SUS tem um valor médio de R$ 4 reais para cada paciente, insuficiente para cobrir os custos. O presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Leonardo Vilela, foi um dos convidados que salientou o que foi chamado de "sub-financiamento" do SUS. Ele diz que os baixos valores da tabela do Sistema Único de Saúde obrigam os governos estaduais a recorrerem ao orçamento próprio para garanti

Nutricionista fala sobre a importância do consumo das frutas para o organismo

Imagem
A fruta é um alimento fundamental na nossa vida, pois nos oferece o essencial para vida , NUTRIENTES , de acordo com a Organização Mundial da Saúde, devemos consumir de 3 a 5 porções de fruta diariamente, porém não podemos esquecer que toda regra tem sua exceção, então depende muito da individualidade de cada um. - Quais são as principais propriedades nutricionais das frutas no geral? As frutas são fundamentais pois contemplam de vitaminas, minerais, agua, fibras alimentares e compostos protetores como antioxidantes que protegem e que regulam o organismo. Poderia, de forma breve, citar as principais propriedades das dez frutas listadas na matéria, que são: BANANA - A Banana é um fruto cuja origem é o sudeste do continente asiático. Ela é uma das mais consumidas pela população brasileira pois que ela é altamente nutritiva, sendo uma grande fornecedora de energia. Além disso, são ricas em carboidratos, fibras, vitaminas A e C, B1, B2, B6 e B12 e minerais (cálcio

Cardiologista ensina seis hábitos para ter um coração saudável

Imagem
1. Cuide da alimentação Evite frituras, gordura saturada, açúcar e embutidos. Prefira gorduras “boas”, presentes no azeite, óleo de soja e milho e derivados, como os cremes vegetais. Coma frutas, legumes, verduras, pois são boas fontes de vitaminas, minerais e fibras. “A aveia é uma ótima opção para ser incluída ao longo do dia, pois contém fibras solúveis que ajudam a diminuir a absorção do colesterol”. 2. Mexa-se no trabalho Ficar a maior parte do dia sentada engorda, dificulta a circulação, dá varizes e pode complicar a saúde do coração. Levante-se da cadeira a cada 40 minutos para ir até o bebedouro. Vá ao banheiro sempre que sentir vontade. Assim, você evita segurar o xixi por muito tempo, o que aumenta os batimentos cardíacos e a pressão arterial e estressando o sistema cardiovascular. 3. Aposte na dieta mediterrânea A ciência comprovou que a dieta mediterrânea faz bem ao coração. Um cardápio rico em peixes (salmão, atum), azeite extravirgem, frutas fresca

Governo transfere mais de R$ 1 milhão para UPAs de seis municípios

Imagem
O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), destinou R$ 1.218.750,00 às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). A medida consta na portaria nº 081/2019 , publicada no Diário Oficial. Ao todo, seis municípios serão beneficiados com a transferência do recurso; Cuiabá, Várzea Grande, Juína, Rondonópolis, Sorriso e Sinop. Em Cuiabá, foram destinados R$ 325 mil para a UPA do bairro Morada do Ouro e R$ 162.500,00 a UPA do Pascoal Ramos. Para UPA do município de Várzea Grande foram destinados R$ 325 mil. Ainda de acordo com a Portaria da SES-MT, as demais unidades receberão os seguintes valores: UPA do município de Juína R$ 65 mil, Rondonópolis R$ 162.500,00, Sorriso R$ 65 mil e Sinop R$ 113.750,00. Mais investimentos Além de transferir recursos as UPAs, o Estado efetivou outros três importantes repasses financeiros, que completam o Serviço de Atendimento Móvel (SAMU), o Programa de Apoio ao Desenvolvimento e Implementação dos Con

Campanha nacional de vacinação é antecipada para o dia 10 de abril

Imagem
Neste ano, a meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis para a vacinação. Logo, o público alvo representará aproximadamente 60 milhões de pessoas no Brasil. A 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza ocorrerá entre os dias 10 de abril e 31 de maio de 2019. A data do Dia de Mobilização Nacional será em 04 de maio. O Ministério da Saúde começou a distribuir vacinas no dia 25 de março, de maneira gradual, visando atingir 36 milhões de doses até o início da campanha. A coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), Alessandra de Moraes, destacou que a meta é vacinar 847.137 pessoas integrantes dos grupos prioritários em Mato Grosso. A vacinação é realizada nas Unidades de Saúde Básica dos municípios, sendo que os gestores municipais têm autonomia para definir o planejamento de atendimento aos moradores. “A SES-MT, por meio da Vigilância Epidemiológica e da Gerência de Imunização, recebe, organiza e faz a distribuição